quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Quero estar a todo instante
Em teu calor contagiante
[...]
Coração fica gigante
Paisagem estonteante
Cheiro de flor, alegria
Mil sorrisos, pura vida'



- Seguia-se mais um dia ensolarado e comum no coração de Fortaleza. Centro cheio, pessoas vão e voltam, passam, mais um dia de trabalho.
No dela, tudo nos conformes, tão normal ela pensa, ao sentar em sua mesa após atender o chamado de mais um advogado, mais um processo virtual, mais uma chatice em frente aquele computador, em sua vidinha normal.
O que ela não sabia é que naquele mesmo PC após algumas horas daquele mesmo dia , haveriam declarações, confições. Na noite anterior após o telefonema ela imaginou, deixou tudo pronto, tudo como ela supôs que iria ser, a noite seria de realização. Adeus QUARENTENA ela assim pensou e sorriu. Mas aquela quarta - feira teria algo mais, mais que trabalho , mas que chateções ao telefone, mais que o bolo nosso de cada tarde, bem mais..
Em frente a tela daquele computador , naquele mesmo dia, ela jurou:
- Jurou Querer Mais..
Querer O olhar mais sublime e cativante de Todos.
Querer o jeito meigo e doce ao sorrir.
Querer a Barba por fazer e o cabelo a emaranhar.
Querer a gentileza de suas mãos tão perfeitas e o seu toque tão peculiar.
Querer o carinho do seu corpo e o desejo ao tocar o dela. QuereR!
Ele se pasmou. Ela era todo "torpor".
Seguiu ao encontro de seu colo confortável, como pela primeira vez. Sua imaginação foi além...
Onde ela queria estar. Onde ela quisera ir. Sem limites dessa vez. E sem medo, ela estava entregue. Quando seus olhos se cruzaram, após uma pausa significativa, ela teve certeza. Era ele.
Seus lábios demoraram a se tocar, primeiro vieram as dúvidas de juras, depois as conversas cotidianas de dois supostos bons amigos. Mas o beijo não tardou, ele veio e ela entrou em seu mundo, só seu, onde ela poderia ser quem quizesse, onde eram só os dois. Só eles e nada mais.
O desejo aflorou, as limitações foram banidas, ela o queria como nunca, e seria hoje, hoje era o dia. Sentiu seu gosto como quando no inicio, passeou pelo seu corpo como se a muito conhecesse cada detalhe do mesmo, aquele corpo era dela, talvez não no dia seguinte ou nos dias que se seguiriam, mas naquele momento sim, era só dela. Conheceu, beijou, tocou, lambeu , mordeu, era seu. A cada susurro de seu "nome" ela se sentia sua.
Eram agora dois corpos em um naquele momento, ele estava dentro dela e ela sentiu seu íntimo pela primeira vez.
Deitaram-se, mudaram-se e se olharam, sempre.
Ela chegou ao ápice em vantagem ,mas logo ele a seguiu. E viram a luz da tela o flagrante ao chão.
Aconteceu sim, era verdade, e sorriu, seu melhor sorriso.
Papel, janela, os azuis de suas peças íntimas como se naturalmente houvesse uma combinação, sintonia, Natiruts da voltas pelo Raçaman mais uma vez, e eles se olham. Ela sabe perfeitamente que como das outras vezes ele a decifra, lê seus olhos, chega em seus pensamentos, e é neles que ela consegue dize-lo como ele conseguiu faze-la a mulher mais feliz, mesmo que isso pareça um clichê, mas o fez. Clichêzaço seu.
As conversas nunca seçam, eles parecem conhecer-se inteiramente a décadas, sintonia ela sente, ele a deixa a vontade, e com vontade.
- Vontade de nunca mais ir embora
Vontade de te-lo em seus braços pra sempre.
Vontade que o tempo pare e ela passe anos a fio a desfrutar daqueles lábios, daquele corpo, daquele olhar, daquela sinceridade.
Daquele Homem'.
Eu não consigo tirar você da cabeça
Te conhecer foi viver uma cena de sonho
Eu disse a verdade que é pra que você não esqueça
Da luz encantada que brilhou por nós pela noite.
[...]
É penitência não dar um espaço para o amor'







Au Revoir'

15 comentários:

Salve Jorge disse...

Num encontro
Cada ponto
Parece pronto
Para deixá-lo tonto
Refém do confronto
E réu
Ao léu
No teu céu
Faz ceia
Passeia
Faz escarcéu
E incendeia
Esse conto...

Marcelo Mayer disse...

obrigado pela visita!
estarei lendo seu blog com mais calma, mas já estarei te seguindo para saber mais de seus textos
mais uma vez, obrigado!

meus instantes e momentos disse...

muito bom o texto.
Gostei desse teu jeito "gostoso" de escrever.
Tenha um ótimo final de semana.
Maurizio.
* foi bom ter vc em meu blog, apareça sempre

Daniel disse...

Ficou perfeito. Gosto quando falamos sobre sentimentos reais. Sobre coisas do coração. Pois deduzo que é real pela escrita.

Pelo que percebi me pareceu que você trabalha no fórum de fortaleza? É isso?

Sou advogado e tenho um processo lá, caso isso seja verdade.

Beijos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Lilianne,

Você escreveu com verdade e vontade. Ficou puro sentimento, adorei.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Teórico disse...

Olá, obrigado pela visita no meu blog.


Belo texto!

Beijos

F I L O S O F I S T A disse...

LILI:KKKKK ... JA QUER É ? ADOOOORO. =]

MSN-ME: glauber_skenguen@hotmail.com

VALEU ESTUDANTE .... MAS VC É VAI SER TTURISMÓLOGA OU TURISTA? HAUHAU H .. .SÓ VIAJANDO ...

QUANTO AO CONTATO: A SACAS É NOSSA....

LET'S CONEXIONS

QUANTO AS FOTINHAS:

NICE TAKE.. JA QUERO TBM

Atreyu disse...

Eu achei poético, lindo e espontâneo!
Lindas fotos. /y
O que vale é viver

Daniela Filipini disse...

Puro sentimento, e bem profundo =)
Lindo mesmo!

Jeany disse...

Nossa! Só de começo: adorei a frase junto com a primeira foto! LINDA!

Hoje postei no meu blog. Dê uma passadinha e me ajude com uma dica.

Beijao

Dan. disse...

pronto.
finalmente atualizei. :]
parindo uma dor de cabeça! hauhauhuhu

:*

Caetano disse...

é verdade, ando sumido daqui.
a barba continua por fazer.
suas fotos continuam bonitas
e as palavras também.
saudade

um beijo

Caetano disse...

ah, vamos estreitar isso.. Me passe seu msn, pode ser por e-mail se preferir: caetanoneural@gmail.com

Mågø Mër£Îm disse...

O Blog ta em obras, logo vai dar pra seguir e saber qdo tem postagem nova... rs

E qdo alguém não sai da cabeça da gente, é pq a razão ja foi...rs

beijo

meus instantes e momentos disse...

passando para te desejar uma ótima e feliz semana.
Maurizio