terça-feira, 16 de novembro de 2010

-
Eu penso Conforme o TeempoO
Eu dαnço Conforme o pαssoO
Eu pαsso Conforme o espαçoO
Eu αmo
Conforme α fomee
Eu como Conforme α cαmα
Eu siinto Conforme o mundoO

Mαs no fundo
Eu nαo me conformo'


[...]

5 comentários:

Auíri Au disse...

Eu leio com sua palavras.
Eu vejo com meus olhos.
Eu sinto com um coração.
Beijos

Daniel Savio disse...

Poesia interessante, mas algumas fomes não permite cama, apenas urgência...

Fique com Deus, menina Lilianne Mirian.
Um abraço.

Carolina de Castro disse...

Juro que não entendi!
To lenta hj!!

Carolina de Castro disse...

Ta sumida ne??
=)
beijos

Lorena Granja. disse...

Só os pobres de espírito se conformam. :D

Lindo!